Como ganhar dinheiro com o Youtube e quanto paga por visualização

144

Produzir conteúdo relevante e ganhar dinheiro com o YouTube pode ser o caminho para mudar a direção da sua vida profissional.

 

O que é o Youtube

YouTube nasceu em 2005, com a postagem do vídeo de um de seus fundadores falando sobre elefantes no zoológico. Apenas um ano e nove meses depois, Google comprou a plataforma de compartilhamento de vídeos por US$1,65 bilhão e o resto é história.

YouTube é um fenômeno de conteúdo, só perdendo para o próprio Google o posto de site mais utilizado para realizar pesquisas na internet. Com mais de 1,5 bilhão de usuários ativos por mês, quem não utiliza o YouTube em sua estratégia pra ganhar dinheiro online está deixando dinheiro para trás.

Além dos famosos YouTubers, muitas pessoas já descobriram o potencial de ganho que envolve ter presença na plataforma e se dedicam aos seus canais. Para começar não é preciso muito, basta uma boa câmera para gravar os vídeos e um computador para postá-los. Ao longo do artigo, descubra como e quanto dinheiro é possível ganhar com o YouTube.

 

Como ganhar dinheiro no YouTube

A seguir, são tratadas as três formas mais usuais de se fazer dinheiro no YouTube.

 

Anúncios do Google Adsense

A ferramenta de publicidade do Google é uma alternativa para donos de canais, que ainda não têm milhares de inscritos, poderem monetizar os seus vídeos. Nas configurações da conta do YouTube, basta habilitar a opção de gerar receita com os vídeos para fazer parte do programa.

Os anúncios exibidos serão diferentes para todos que visualizarem o vídeo, pois dependem do histórico de navegação na web do espectador. Alguns anúncios são apresentados em forma de banner, enquanto outros aparecem em forma de vídeos, que acabam interrompendo a visualização do vídeo em questão. De qualquer forma, os espectadores terão que ver os anúncios se quiserem continuar a ter acesso ao conteúdo disponibilizado no canal.

Neste formato, os ganhos são medidos pelo sistema CPM, custo por mil, ou seja, o pagamento acontece a cada mil visualizações (pageviews).

 

Patrocínio de marcas

Oportunidades de patrocínio surgem a partir do momento em que uma audiência substancial tenha se formado, e de preferência de um nicho definido. Uma vez conseguindo um patrocinador, para cumprir os termos e condições do YouTube, o canal deve deixar claro quem é o seu patrocinador.

Uma extensão do mundo dos patrocínios, seria o que os americanos chamam de “product placement”, colocação de produto, em tradução livre. Que é quando patrocinadores pagam a donos de canais para que utilizem seus produtos nos vídeos, desde uma simples camiseta, até um caro equipamento de vídeo.

Quanto maior o tamanho do público do canal e o seu engajamento, maior poder de barganha o dono do canal terá para negociar o valor de cada ação publicitária.

 

Marketing de Afiliados

Quando um canal de YouTube, faz recomendações de produtos e serviços e disponibiliza um link para que seus espectadores possam adquiri-los, caso assim o queiram fazer, isso se chama marketing de afiliação.

Embora, links de afiliados sejam uma espécie de “área cinzenta” em relação às regras do YouTube, eles são bastante comuns.

E, desde que usados de maneira sensata, a plataforma parece aceitá-los. A chave para o sucesso no uso de links de afiliaçãoé a honestidade e transparência, nada de esconder do público a escolha de monetização do canal e muito menos entregar conteúdo mal-intencionadosó para gerar vendas.

 

Quanto o Youtube paga por visualização (Adsense)

Antes de falar sobre quanto o YouTube paga por pageview, é importante esclarecer que o dinheiro pago pelos anunciantes para terem suas propagandas divulgadas no YouTube é compartilhado entre o dono do canal e o Google.

Embora não seja algo claramente divulgado, especula-seque o Google mantenha cerca de 45% do que os anunciantes pagam pelas propagandas.

Como já explicado anteriormente, o sistema de como ganhar dinheiro no YouTube por visualizações chama-se CPM, custo por mil. Infelizmente, não existe um valor certo e preciso de quanto YouTube paga, os valores dependem principalmente do nível de interação e do tempo de visualização dos vídeos.

Mas também dependem de outros fatores como a temática do vídeo, localização geográfica, tipo de anúncio, frequência com que vídeos são postados naquele canal, etc.

Especialistas indicam que o potencial de ganho com vídeos habilitados para monetização na plataforma, gira em torno de US$1,00 a US$3,00 por cada mil visualizações (CPM).

Vale ressaltar que as pessoas precisam interagir com os anúncios, clicando neles, ou assistí-los por pelo menos 30 segundos para que conte como uma visualização.

 

Quanto paga por 1 milhão de visualizações?

Há quem especule o quanto o Youtube paga por 1 milhão de visualizações, seguindo a lógica da flutuação de valores pagos, existem relatos de YouTubers que revelam terem ganho tão pouco quanto US$600,00 por 1 milhão de visualizações, enquanto outros apontam terem ganho valores tão altos quanto US$7.000,00.

 

Pagamentos do Google Adsense do YouTube

Para estar apto a receber um pagamento pelos anúncios disponibilizados em seu canal, o dono do canal deve acumular o valor mínimo de US$100,00.

Caso esse valor mínimo não seja alcançado durante um período de 30 dias, o saldo é acumulado para o mês seguinte.

Chegando aos US$100,00, o dinheiro é depositado na conta bancária informada pelo dono do canal em seu cadastro.

 

Top 10 YouTubers que mais ganham dinheiro

No final de 2018, a revista Forbes divulgou a lista dos 10 YouTubers mais bem pagos da plataforma. A lista, para aqueles que desejam saber quanto um YouTuber ganha, pode ser visualizada abaixo, em ordem decrescente.

 

10) Logan Paul

Faturamento em 2018: US$ 14,5 milhões

No ano anterior, o vlogger, especialista em brincadeiras, havia ficado em quarto lugar na lista. Mesmo depois de um escândalo que o levou a ser expulso do programa Google Preferred do YouTube, no início do ano passado. Paul conseguiu se redimir, manter sua base de fãs e aumentar seus rendimentos em US$2 milhões ao longo do ano.

9) PewDiePie

Ganhos em 2018: US$ 15,5 milhões

Nos últimos anos, foi o YouTuber mais bem-sucedido do mundo.

O comediante e comentarista de jogos de videogame sueco tem mais de 84 milhões de assinantes, possuindo o maior número de fãs da plataforma.

8) Sean «Jacksepticeye» McLoughlin

Faturamento em 2018: US$ 16 milhões

O jogador de videogame é o YouTuber mais popular da Irlanda.

Foi convidado pela Disney para criar uma programação original, além de ser frequentemente convidado para ser anfitrião em vários eventos e turnês na Europa.

7) Vanoss Gaming

Dinheiro ganho em 2018: US$ 17 milhões

VanossGamingé o nome do canal do jogador de videogame canadense, Evan Fong, que raramente aparece na câmera e, mesmo assim, faz muito sucesso.

Ele está lançando uma carreira musical de hip-hop e já lançou uma linha de roupas sob a marca Rynx.

6) Markiplier

Faturamento em 2018: US$17.5 million

O havaiano Mark Edward Fischbach, ou «Markiplier», é um dosmais populares YouTubers dedicado avideogames há mais de cinco anos.

Antes de decidir iniciar seu canal, Markplier passou por uma onda forte de azar, mas hoje, conta com mais de 22 milhões de assiantes.

5) Jeffree Star

Ganhos em 2018: US$ 18 milhões

Antigamente conhecida como a pessoa mais seguida no antigo MySpace, Jeffree Star fez uma transição de grande sucesso para o YouTube desde 2014.

Fazendo uma mistura de vlogs com tutoriais e dicas de beleza, Jeffree lançou sua marca de maquiagem junto com o seu canal.

4) DanTDM

Faturamento em 2018: US$ 18,5 milhões

O jogador de videogame australiano, no ano anterior à pesquisa, foi o YouTuber mais bem pago da plataforma. Ele fez sua fama jogando e streaming Minecraft.

Entre turnês mundiais e uma próspera marca de roupas, que inclui bonés, mochilas, abrigos, seu faturamento cresce.

3) Dude Perfect

Rendimentos em 2018: US$ 20 milhões

O canal é coordenado por cinco homens, os gêmeos Cory e Coby Cotton, Garrett Hilbert, Cody Jones e Tyler Toney.

Juntos, eles realizam truques e acrobacias que despertam o interesse e curiosidade do público. Seus vídeos já viralizaram e eles já participaram de vários shows da ESPN

2) Jake Paul

Ganhos em 2018: US$ 21,5 milhões

Jake Paul é o irmão mais novo do eleito número 10 dessa lista. Ele fez fama fazendo brincadeiras engraçadas e cantando rap.

Hoje, posta diariamente vlogs de sua vida pessoal e vídeos de rap para mais de 17 milhões de seguidores.

1) Ryan ToysReview

Faturamento em 2018: US$ 22 milhões

Ryan é o anfitrião do canal de maior audiência do YouTube. O dono do canal tem 7 anos de idade e faz avaliações dos mais diversos tipos de brinquedos.

Seus pais iniciaram o canal para ele em 2015 e, hoje, sua grande influência no mundo dos brinquedos, rendeu para ele a criação de uma linha de brinquedos chamada Ryan’s World, em parceira exclusiva com o Walmart.

Os melhores tipos de vídeo no YouTube

Já faz muito tempo que o YouTube é muito mais do que um local para assistir vídeos musicais. A seguir, são listados alguns dos tipos de vídeo que mais engajam o público.

Tutorias

A grande vantagem de criar vídeos em que se ensina as pessoas a como fazer alguma coisa é que este tipo de vídeo é praticamente atemporal, mantendo sua relevância por muito tempo.

Desde ensinar a cozinhar algum prato típico até pintar o cabelo de verde, as possibilidades são quase infinitas.

Review de produtos

É muito comum, antes de efetuar alguma compra, as pessoas recorrerem a vídeos de avaliações no YouTube para tomarem uma decisão.

Estabelecer confiança é fundamental para este tipo de vídeo ser bem-sucedido.

Vídeos Educacionais

Outra categoria que pode ser considerada atemporal.

Mesmo que a temática seja direcionada para um público específico, por exemplo, adolescentes que queiram fazer intercâmbio, o público se renova a cada ano, trazendo novas visualizações.

Humor

Vídeos cômicos estão entre os vídeos mais compartilhados e os mais propensos a viralizar.

Seja vídeos engraçados de animais de estimação, pegadinhas, tombos ou paródias, vídeos de comédia estão entre os mais procurados pela audiência.

Vlog

Na versão audiovisual do blog, que já é uma versão digital do diário, pessoas compartilham suas rotinas, seus pensamentos e suas atitudes.

O que faz a audiência acompanhar a vida de outras pessoas é se identificar com aquela realidade de alguma forma.

Este tipo de vídeo exige um nível alto de contato com o público.

Sugestões para criar um canal de YouTube de sucesso e ganhar dinheiro

Para quem quer de fato ganhar dinheiro com o YouTube, existem alguns elementos que devem ser levados em consideração para ter um canal bem-sucedido.

Planejamento de Conteúdo

Criar e manter conteúdo interessante e atraente é a melhor forma de fazer com que as pessoas queiram assistir o vídeo até o final e seguir acompanhando o canal.

Investir em Equipamento

Por mais que os celulares estejam filmando cada vez melhor, investir em uma câmera apropriada, além de equipamentos como tripés, lentes, microfone e luzes, mostra para o público um outro nível de profissionalismo.

Software de Edição

Não há necessidade de investir em softwares muito caros e sofisticados, existem programas simples e gratuitos que dão conta de uma edição leve, mas que faz toda a diferença no resultado final.

Otimização de Conteúdo

Utilizar títulos descritivos que representem aquilo que o público digitaria na barra de busca, caso estivesse buscando por aquelas palavras-chave.

Criar uma descrição de no mínimo 200 palavras, usar tags relevantes, palavras-chave e seus sinônimos e variações ajuda o vídeo a “rankear” melhor.

Interagir com o público

Manter contato com o público é importante não somente para ser percebido como simpático e receptivo, mas também para ter ideias de novos conteúdos a serem explorados.

Quem melhor para indicar o que deseja ver do que o próprio público?

Postar vídeos com regularidade

Consistência nas postagens é chave para um canal de sucesso, pois os espectadores sabem o que e quando esperar, aumentando as chances de uma audiência estável.

Combinar formas de monetização para ganhar mais dinheiro

Depender somente de uma forma de monetizar um canal no YouTube não é uma boa estratégia, o ideal é combinar anúncios Adsense com marketing de afiliação.

E, eventualmente, até mesmo conseguir patrocínios e começar a vender produtos digitais ou produtos físicos.